Nessa partida, a contar para a Taça Libertadores, o avançado entrou apenas para os cinco minutos finais e fez questão de mostrar toda a sua 'azia'. Passeou em campo e, mal soou o apito final, dirigiu-se ao balenário com cara de poucos amigos.

Quando lá chegou o treinador Guillermo Schellotto, ficou chocado ao vê-lo de cigarro na boca. "Apaga isso!", ordenou. Osvaldo não quis saber e respondeu-lhe em maus modos. Logo aí, o técnico decidiu afastá-lo do grupo.